segunda-feira, 5 de agosto de 2013

MEMÓRIAS DE UM VETERANO - UM OLHAR DE 32 POR EMÍLIO RODRIGUES

Emílio Rodrigues, o último veterano que residia em Araçatuba, nasceu em 24 de Outubro de 1914 na cidade de Santos/SP, sendo ali criado por seus pais, Albino Rodrigues da Fonte e Dometilha Rodrigues Neves.
Conforme suas palavras não foi chamado para a Revolução, mas sim foi voluntário, alistando-se ainda jovem, aos 17 anos às Forças Constitucionalistas
Serviu fervorosamente em Conchal/SP, onde ocorreram combates ferrenhos de contenção à Frente Mineira e também onde viu companheiros e irmãos de armas tombarem.



Finda a Revolução em 02 de Outubro e as tropas dispensadas, veio a se casar e teve dois filho porém por força do destino tornou-se viúvo ainda jovem a viu seus filhos falecerem por doença. Desde então passou a residir em Araçatuba/SP, onde se fixou, se tornou comerciante e casou-se novamente com Otília Aparecida Ruas Rodrigues, filha de um dos fundadores da cidade, José Caetano Ruas, com quem teve um filho, arquiteto renomado na região Noroeste Emílio Ruas Rodrigues.

A família guarda com muito zêlo todas as documentações que tiveram acesso a respeito de sua participação na Revolução, recortes de jornais.

Em visita, Emílio nos presenteou mostrando seus arquivos. Dentre eles, A Medalha do Cinquentenário da Revolução, e o anel de ferro em substituição à aliança, doada na Campanha Ouro para o Bem de São Paulo.

Emílio faleceu em Maio deste ano, aos 98 anos de idade e encontra-se sepultado no jazigo da família Ruas Rodrigues, próximo ao Mausoléu da Polícia Militar em Araçatuba/SP, no cemitério da Saudade.

A este valoroso Soldado Constitucionalista, nossa singela homenagem:


Carta dos cunhados de Emílio informando sobre o album e enaltecendo sua particapação na Revolução  de 32.

Emílio recebendo a Medalha do Cinquentenário da Revolução Constitucionalista


Recebendo mais homenagens.

Emílio em solenidade no ano de 2010 conduzida pelo Comando de Policiamento do Interior 10, onde foram plantadas após o desfile cívico-militar 78 mudas de plantas ornamentais representando os 78 anos da Revolução























































































Anel da Família Rodrigues dado àqueles que deram "Ouro para o Bem de São Paulo".



Ainda estou devendo algumas fotografias retiradas do acervo, devido a problemas com a máquina fotográfica.

O material é riquíssimo, e demonstra todo o amor de um guerreiro bandeirante pelo Movimento ao qual lutou de forma voluntária e abnegada.



Nenhum comentário:

Postar um comentário